segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Assassino do jornalista Décio Sá mata líder de facção em Pedrinhas

Jhonatan Sousa mata líder de facção Alan Kardec
Jhonatan Sousa mata líder de facção Alan Kardec
O detento Jhonatan de Souza Silva, de 24 anos, matou ontem, dia 7, o detento Alan Kardec Dias Mota, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.
O crime ocorreu durante banho de sol na Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís 4 (UPSL 4), também conhecida como Presídio São Luís 4.
Jhonatan de Souza feriu o peito de Alan Kardec com um pedaço de ferro, que foi retirado do banheiro. O detento ainda foi socorrido e levado o Socorrão 2, mas não resistiu.
Alan Kardec era apontado como fundador da facção criminosa Bonde dos 40 e considerado um criminoso de altíssima periculosidade.
Em 2014, ele chegou a ser transferido junto com outros oito detentos para um presídio federal. Assim como Jhonatan, Alan Kardec era custodiado em cela individual, no Presídio São Luís 4.
A Polícia Civil abriu inquérito para apuração dos fatos.
Assassino confesso
Jhonatan confessou ter assassinado o jornalista Décio Sá, com cinco tiros, em um bar da Avenida Litorânea, orla de São Luís, no dia 23 de abril. O pistoleiro disse à polícia que matou o jornalista à mando de um consórcio de agiotagem, formado por seis pessoas. Ele foi condenado a 25 anos de prisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Danúbia Assume Presidência do Galo Como Primeira Mulher a Comandar Time Profissional do Maranhão

Ao chamar pra si a responsabilidade de comandar a volta do Chapadinha Futebol Clube ao futebol profissional do estado, a ex-prefeita D...