.

.

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Bandidos explodem agência bancária em São Luís Gonzaga do Maranhão


G1MA
Agentes da Seic investigam explosão em caixas eletrônicos em São Luís Gonzaga do MaranhãoAgentes da Seic investigam explosão em caixas eletrônicos em São Luís Gonzaga do Maranhão
Oito homens armados explodiram os caixas eletrônicos da agência do Bradesco na cidade de São Luís Gonzaga do Maranhão, a 209 Km de São Luís, na madrugada deste sábado (28). Eles fugiram em quatro motos e não há indícios do paradeiro dos criminosos. A quantia levada não foi divulgada pelo banco.
Segundo informações da polícia, os bandidos atiraram contra uma viatura e um posto policial antes de fugirem. O veículo ficou completamente danificado.
Há um mês bandidos já haviam explodido a agência do Banco do Brasil na cidade. Segundo informações da polícia, na ocasião os bandidos desligaram o alarme e o sistema de videomonitoramento. Logo após os criminosos cortaram o cofre com a ajuda de um maçarico e levaram toda a quantia que estava no banco.
Com a ação desta madrugada, os moradores da cidade ficaram sem agência bancária para realizar transações. O ano de 2016 já acumula 22 roubos a banco.

Ônibus da banda Márcia Fellipe se envolve em acidente


Ônibus da cantora Márcia Fellipe
Ônibus da cantora Márcia Fellipe
O ônibus da banda de forró da cantora Márcia Fellipe se envolveu em um acidente no fim de semana. O ônibus colidiu com um caminhão baú.
Em nota, a assessoria da cantora informou que ela não estava no ônibus e que o pessoal da banda está bem.
“A banda teria dois dias de pausa de shows quando na volta pra casa fomos surpreendidos com um pequeno acidente”, informou.
Não é a primeira vez que o ônibus da banda de forró se envolve em um acidente. No ano passado, ônibus bateu de frente com o animal e acabou descendo um barranco. Alguns integrantes tiveram ferimentos leves e a vocalista também não estava no veículo.
Ônibus da banda Márcia Fellipe 5
Ônibus da banda Márcia Fellipe
Ônibus da banda Márcia Fellipe 3

sexta-feira, 27 de maio de 2016

'Não dói o útero e sim a alma', diz menina vítima de estupro coletivo

Trinta e três homens são procurados por participação no estupro. Polícia já pediu a prisão de quatro suspeitos.
27/05/2016 09h12 - Atualizado em 27/05/2016 12h37
Do G1 Rio
Jovem vítima de estupro no Rio deixou mensagem em rede social (Foto: Reprodução/Facebook)Jovem vítima de estupro no Rio deixou mensagem em rede social (Foto: Reprodução/Facebook)
A adolescente de 16 anos que foi vítima de um estupro coletivo em uma comunidade da Zona Oeste do Rio voltou a fazer um desabafo nas redes sociais. Diante de tantas mensagens de apoio e solidariedade, a jovem acrescentou a mensagem: "Todas podemos um dia passa e por isso .. Não, não doi o útero e sim a alma por existirem pessoas cruéis sendo impunes !! Obrigada ao apoio", disse a menina, que na manhã desta sexta (27) também aderiu à campanha na rede social pelo "fim da cultura do estupro".
Na noite desta quinta (26), ela já havia feito um agradecimento na internet. “Venho comunicar que roubaram meu telefone e obrigada pelo apoio de todos. Realmente pensei que seria julgada mal”. De acordo com relatos da vítima, 33 homens armados teriam participado do crime.
Lucas (à esquerda) e Raphael (à direita) (Foto: Reprodução / TV Globo)Lucas (à esquerda) e Raphael (à direita)
(Foto: Reprodução / TV Globo)
A polícia já pediu a prisão de quatro homens. Um deles é Lucas Perdomo Duarte Santos, de 20 anos, com quem a adolescente tinha um relacionamento, Marcelo Miranda da Cruz Correa, de 18 anos, Michel Brazil da Silva, de 20, e Raphael Assis Duarte Belo, de 41.
Segundo a família da menina, o rapaz que a menina conheceu na escola e com o qual ela já havia tido um relacionamento, teria agido premeditadamente.
“Um deles é namorado dela, tinha sido namorado dela, que ela conheceu na escola. E isso foi uma vingança dele. Ele fez isso com ela e chamou mais 30 para fazer o mesmo. O pai dela nem aguenta falar que chora muito. Um ser humano que é capaz de fazer isso com uma menina de 16 anos só, cheia de sonho, né? E eles fazem isso. A família está assim, sem palavras”, lamentou.
A polícia pede que qualquer pessoa que tenha informações sobre um dos suspeitos de participação nesse crime entre em contato com o Dique-Denúncia através do telefone 2253-1177.
A família da adolescente disse que a família ainda se sentiu aliviada pela vida da garota ter sido poupada.
“Esse agente comunitário que veio trazê-la [para casa] eu acho que ele foi uma pessoa que salvou a vida dela, porque eles iriam matá-la. Porque é isso que eles fazem, né. Não é normalmente a história que a gente conhece? Eles estupram e matam”, disse a parente da adolescente.
A polícia já identificou pelo menos quatro homens envolvidos no crime. A adolescente de 16 anos foi estuprada no sábado (21) numa comunidade da Zona Oeste.
Em depoimento à polícia, ela disse que foi até a casa de um rapaz com quem se relacionava há três anos. Ela se lembra de estar a sós na casa dele e só se lembra que acordou no domingo, em uma outra casa, na mesma comunidade, com 33 homens armados com fuzis e pistolas. Ela destacou que estava dopada e nua.
A garota retornou para casa na terça-feira (24). “Ela chegou descalça, descabelada, com aspecto de que tinha se drogado muito e com uma roupa masculina toda rasgada. Provavelmente eles deixaram ela nua e ela vestiu aquilo pra vir em casa”, contou a parente. A família teria questionado a menina o que havia acontecido, mas ela não revelou nada.
Jovem postou foto da vítima e ironizou o suposto estupro (Foto: Reprodução)Jovem postou foto da vítima e ironizou o suposto estupro (Foto: Reprodução)
Ainda na terça-feira, segundo contou a pessoa da família, menina teria voltado à comunidade para tentar reaver seu celular, que foi roubado. Um agente comunitário foi quem a acolheu, ao perceber como ela estava, e a conduziu para junto da família novamente.
A família só soube do estupro na quarta-feira (25), quando fotos e vídeos exibindo a adolescente nua, desacordada e ferida estava sendo compartilhado na internet pelos agressores, que ironizam o próprio crime.
“Eu a mãe, a gente chora quando vê o vídeo. O pai dela não aguenta falar que chora muito. Nosso sentimento é de tristeza, de indignação, estamos estarrecidos de ver até que ponto chega a maldade humana, né. A família está, assim, sem palavras, consternada”, desabafou a avó da garota. A ouvidoria do Ministério Público recebeu mais de 800 denúncias sobre esse caso.
Nesta quinta-feira (26) a adolescente foi ao médico e tomou um coquetel para evitar doenças sexualmente transmissíveis. A Secretaria Municipal de Saúde disse que ela vai ter acompanhamento psicológico.
A OAB do RJ disse, em uma nota de repúdio, que um ato repulsivo como este nos mostra que precisamos combater diariamente a cultura do machismo. A Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal divulgou uma nota pedindo rapidez e rigor na identificação de todos os envolvidos.

Motorista é flagrado dormindo na faixa de pedestre em frente à prefeitura de Chapadinha


Blog Alexandre Cunha
Um fato inusitado chamou atenção de quem passava pela Avenida Presidente Vargas no final da tarde desta quinta-feira (26).


Um homem que não teve o nome revelado pegou no sono enquanto estava parado na faixa de pedestre que fica localizada em frente à prefeitura, o motorista que conduzia uma saveiro, de cor preta, carregada de carvão, o condutor foi flagrado dormindo ao volante, o que chamou atenção de pessoas que estavam perto do local, logo de imediato, enquanto o motorista tira um cochilo acionaram a Policia Militar que de imediato foi até o local, em imagens registradas no momento da abordagem policial o condutor aparentava algum sintoma de embriagues alcoólica. E de acordo com informações, o mesmo junto com o veiculo foram conduzidos para a delegacia para as devidas providências. 

Farmacêutico atingido por tiro durante tentativa de assalto em Chapadinha está fora de perigo.

Após termos que noticiar o triste episódio ocorrido na tarde de ontem (25) envolvendo o senhor Luís Carlos, proprietário da farmácia "Droga Nossa" onde o mesmo foi vítima de um terrível assalto sendo inclusive baleado.



O blog trás boas notícias sobre o quadro de saúde do farmacêutico, segundo as primeiras informações do quadro clínico é que o médico Buco-maxilar, que atendeu Carlos, disse que não há necessidade de procedimentos cirúrgicos, apenas antibióticos e analgésicos, se houver necessidade de intervenção cirúrgica será a posteriori.

O médico também garantiu que Carlos, está consciente e fora de risco de morte, que era o maior medo dos familiares e amigos chapadinheses que se sensibilizaram com o ocorrido na tarde de ontem.


Ainda segundo o médico, Carlos também não sofrerá nem um tipo de sequelas.

Do Blog Labareda.

quinta-feira, 26 de maio de 2016

1º PASSEIO CICLÍSTICO DA ESCOLA DEP. JULIO PIRES MONTELES EM ANAPURUS SERÁ 03 DE JUNHO


A escola Dep. Julio Pires Monteles convida você e sua família para juntos formarmos uma equipe para um passeio ecológico de qualidade e vida.



A Escola Julio Pires Monteles de Anapurus está preocupada em dar aos alunos, formas de práticas Esportivas diversas, tanto para o desenvolvimento físico e muscular, como também atividades de lazer, aos jovens e adolescentes, fazendo-se realizar o primeiro passeio ciclístico.
O passeio será no dia 03 de Junho do corrente ano.

Estratégia:
-Textos
-Debate
-Pesquisa
-Registro (fotos, textos,)
-Passeio ciclístico

-Alimentação saudável.

Alunos, professores e pais não fique de fora deste passeio.

Por Rayssa

Homem é encontrado morto, em Urbano Santos

Corpo estava cheio de perfurações de caroços de chumbo.



O corpo de um homem identificado como Raimundo Pereira dos santos, de 23 anos de idade, residente na rua Eudes Araújo, no centro de Urbano Santos, foi encontrado às margens do Rio Mocambo, naquela cidade, por volta das 19h desta quarta, 25, informa o blog do Sala Vipp.

A suspeita é a de que Raimundo tenha sido vítima de um tiro de espingarda. De acordo com informações, ele saiu de casa para pescar e não tinha antecedentes criminais. 

Autoridades policiais já estão investigando a possível autoria do crime.

Por William Fernandes